Parceria entre instituições lança programa de capacitação para atuar em projetos de integração entre Paraguai, Brasil e Argentina

A iniciativa pretende fortalecer integração produtiva entre Argentina, Brasil e Paraguai

Créditos: assessoria de comunicação Itaipu

Foi lançado em fevereiro (23), no Centro de Recepção de Visitantes da Itaipu Binacional – Paraguay, o Programa de Formação para o Desenvolvimento e a Integração Trinacional, com o intuito de gerar capacidades para a atuação em projetos que promovam o desenvolvimento territorial sustentável.

A iniciativa é resultado de convênio entre a Fundação PTI – Brasil, Fundação PTI – Paraguai, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Ministério de Indústria e Comércio do Paraguai, Itaipu Binacional e Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Cidade do Leste (Codeleste).

O Programa de Formação para o Desenvolvimento e a Integração Trinacional

Ministro da Indústria e Comércio do Paraguai – Gustavo Leite

O especialista em Integração e Comércio do BID, Mickael Larson, falou sobre a oportunidade dessa inciativa promover a construção e o fortalecimento dos espaços de diálogos e de construção de redes para a formação de especialistas do setor produtivo, formuladores de políticas públicas e líderes da região trinacional, para melhorar suas capacidades de desenho, implementação e gestão das iniciativas de desenvolvimento e integração dessa região de fronteira. Dessa forma, o programa é fundamental para o fortalecimento das capacidades técnicas locais para a atração de investimentos. Ademais, proporcionará a identificação e análise de como integrar e complementar as cadeias produtivas entre Argentina, Brasil e Paraguai.

A atuação do programa inicia com a oferta de um curso que disponibilizará 60 vagas. Terá vigência de 18 meses, envolvendo as cidades de Foz do Iguaçu (Brasil), Porto Iguaçu (Argentina), e Departamento de Alto Paraná (Paraguai). Entre os professores estão especialistas argentinos, brasileiros, chileno e uruguaios. Além de encontros presenciais, o grupo contará com um ambiente virtual de aprendizagem, para interação e compartilhamento de materiais. As aulas devem iniciar em abril.

Carlos Ferraro – Especialista em Desenvolvimento Territorial.

O evento contou com a participação de Carlo Ferraro, especialista em desenvolvimento territorial que foi técnico da CEPAL por mais de 25 anos. Carlo Ferraro trouxe as experiencias de quem foi um dos avaliadores do Programa ConectaDEL na América Latina. Abordou

conceitos, falou de alguns casos de sucesso e sobre os desafios e oportunidade deste tipo de projeto para promover um desenvolvimento integrado entre três nações, neste caso Argentina, Brasil e Paraguai.

Houve também a presença do Ministro da Indústria e Comércio do Paraguai, Gustavo Leite; da Presidente do Conselho de Desenvolvimento Social e Econômico (Codeleste), Natalia Chan; do Diretor-Geral brasileiro da Itaipu Binacional, Jorge Samek e Diretor-Geral paraguaio, James Spalding.

Estrutura do programa

A estruturação do programa teve como base as experiências do ConectaDel (Programa Regional de Formação para o Desenvolvimento Econômico Local com Inclusão Social). Para o Diretor Superintendente do Parque Tecnológico Itaipu, Juan Carlos Sotuyo, o apoio a programas como este reafirmam a missão do PTI de promover o desenvolvimento territorial sustentável. “A experiência que a Fundação PTI teve no desenvolvimento do CenectaDel, realizado na região oeste do Paraná, permite replicar as metodologias para outros territórios. É fundamental ter isso na região trinacional, onde os três países consigam formar um processo de desenvolvimento, alinhar conceitos, e que se permita a articulação permanente entre setores dos três países, integrando-se em ações de planejamento para o fortalecimento do território”, destacou.

Créditos: assessoria de comunicação Itaipu Binacional e assessoria de comunicação Parque Tecnológico Itaipu.

Filed in: Brasil, Rotador
×